Publicado volume especial sobre mudanças climáticas e as zonas costeiras brasileiras. O volume, promovido e elaborado pela sub-rede Zona Costeira da Rede CLIMA & INCT para Mudanças Climáticas com o apoio do CNPq, tem a contruibuição valiosa de muitos dos pesquisadores desta sub-rede. Este volume é resultado do “I Workshop Brasileiro de Mudanças Climáticas em Zonas Costeiras”, organizado pela sub-rede ZC da Rede CLIMA & INCT-MC na FURG em 2009.

O "Special Issue Climate Change and Brazilian Coastal Zone", publicado na Pan-American Journal of Aquatic Sciences 5(2), se encontra disponível em http://www.panamjas.org/artigos.php?id_publi=183. Uma versão PDF em alta resolução ideal para impressão pode ser obtido em: http://depositfiles.com/files/6n5mzhkgx

Informações sobre a sub-rede ZC da Rede CLIMA & INCT-MC estão em http://www.mudancasclimaticas.zonascosteiras.furg.br/

O Programa Ciência sem Fronteiras objetiva estimular o avanço da ciência nacional em tecnologia, inovação e competitividade, por meio da expansão da mobilidade internacional. Para alcançar esse objetivo é preciso aumentar a presença de pesquisadores e estudantes brasileiros em instituições de excelência no exterior. Além de atrair jovens talentos científicos e investigadores para trabalhar no Brasil.

Ao todo o governo irá custear 75 mil bolsas e espera que a iniciativa privada arque com mais 25 mil, totalizando 100 mil bolsas até 2014. O CNPq concederá 35 mil bolsas, um investimento de R$ 1.429.441.973. Já a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) concederá 40 mil bolsas, com recursos de R$ 1.731.424.647. No total serão investidos R$ 3 bilhões e R$ 160 milhões.

Entre as áreas de contempladas, merece destaque as Ciências do Mar. Informações sobre o Programa podem ser obtidos em:
http://www.cnpq.br/saladeimprensa/noticias/2011/0726.htm
http://www.capes.gov.br/cienciasemfronteiras

O X Congresso de Ecologia, organizado pela Sociedade de Ecologia do Brasil (SEB), tem como tema a "Ecologia e Gestão Ambiental". O evento será realizado de 18 a 22 de setembro de 2011 em São Lourenço, MG.

O IO-FURG estará presente no evento com a participação do Prof. Marcelo Dutra da Silva, que além de integrante da Comissão Organizadora, apresentará a Conferência "Heterogeneidade ambiental do Bioma Pampa, uma perspectiva de Ecologia da Paisagem", e coordenará a Mesa Redonda sobre "Compreensão e resolução de conflitos ambientais no Bioma Pampa com base na Ecologia da Paisagem". Desta Mesa Redonda participará também o Prof. Paulo Roberto Tagliani. O Prof. Milton Asmus apresentará a Conferência "Gerenciamento Costeiro no Brasil".

Para maiores informações sobre a SEB, visite o site da sociedade: www.seb-ecologia.org.br e informações sobre o congresso: contato@seb-ecologia.org.br.  Ou, acesse o site: http://www.xceb.com.br/site/index.html

A Dra Margareth Copertino (FURG) será a palestrante do 5º Almoço com Ciência, nesta
sexta-feira (19) as 12:30h na sala de reuniões do IO. Ela abordará o tema "Coastal Blue
Carbon: O Papel da Vegetação Costeira no Estoque e Sequestro de Carbono".

Enquanto inúmeros esforços têm sido feitos para desacelerar a
degradação de ecossistemas terrestres, através da proteção de
florestas tropicais como um meio para mitigar a mudança limática, o
papel dos ecossistemas costeiros tem sido negligenciado deste
processo. Do total de carbono capturado pelos produtores primários no
globo através da fotossíntese, mais da metade é capturado por
organismos marinhos. Enquanto uma parte do carbono capturado retorna ao
ambiente através da respiração e oxidação, o remanescente é estocado na
biomassa dos organismos e também nos sedimentos marinhos, contribuindo
ao seqüestro de carbono. Ecossistemas marinhos costeiros –
particularmente ecossistemas vegetados como manguezais, marismas e
bancos de plantas submersas – cobrem menos que 2% do fundo marinho, mas
possuem uma alta capacidade de seqüestrar carbono tanto na biomassa
vegetal como nas camadas do sedimento logo abaixo, podendo ser
responsáveis por mais de 50% de todo o carbono estocado nos sedimentos
marinhos. Embora os números pareçam surpreendentes, há um
número grande de incertezas científicas e muitas deficiências de
conhecimento regionais a serem preenchidas. Os fluxos de carbono ainda
são pouco compreendidos na maioria das regiões costeiras do globo, com
grandes lacunas sobre as taxas de sedimentação e de exportação da
matéria orgânica para zonas profundas. A área global ocupada pela
vegetação costeira também não é completamente conhecida, assim como as
taxas de perda destes ecossistemas, com enormes lacunas regionais, como
no caso da América do Sul e Brasil.

Em setembro, teremos uma palestra da Dra Rosane Ito intitulada: "Distribuição da
pressão parcial do CO2 oceânica no contexto das mudanças climáticas".

O Programa de Pós-Graduação em Gerenciamento Costeiro – PPGC – acabou de aderir, mediante convite, à Rede Latino-Americana de Formação em Gerenciamento Costeiro Integrado (“RED LATINOAMERICANA DE FORMACIÓN EN MANEJO COSTERO INTEGRADO”).
A rede, coordenada pela Universidade de Magdalena, Colômbia, pretende coordenar esforços para a formação de profissionais qualificados e consolidação do gerenciamento costeiro na América Latina e Caribe.
No dia 08 de agosto de 2011 o Termo de Adesão da FURG à rede foi assinado pelo Prof. Carlos Alberto Eiras Garcia, Diretor do Instituto de Oceanografia –IO.

http://www.labgerco.furg.br/ppgc/file/noticias/08ago2011.pdf


Declaração de Santiago :

http://www.labgerco.furg.br/ppgc/file/noticias/adhesionredformic1iofurg.pdf


&
Termo de Adesão da FURG: http://www.labgerco.furg.br/ppgc/file/noticias/adhesionredformic1iofurg.pdf

É com pesar que comunicamos o falecimento, na madrugada de 08/08/2011,
da Profa. SVETLANA MEDEANIC do Instituto de Oceanografia da FURG. A
Profa. SVETLANA pertencia ao Núcleo de Oceanografia Geológica, sendo
responsável por disciplinas da área de Paleogeografia e de Palinologia
do Quaternário. A Profa. SVETLANA contribuia nos cursos de graduação
de Oceanologia e Geografia, além do PPG em Oc. Física, Química e
Geológica.

Excelente pesquisadora, a Profa. SVETLANA dedicava-se ao estudos
palinológicos dos sedimentos quaternários na planície costeira do RS
para reconstruções paleoambientais e paleoclimáticas, avaliaçãodas
mudanças do nível do oceano, além de fatores antrópicos através de
palinomorfos, incluindo palinomorfos não polínicos e fitólitos.

A Prof. SVETLANA ficará nas nossas lembranças, pela sua simplicidade,
amizade, carisma, e pelo belíssimo exemplo de vida e dedicação ao
trabalho.

Nosso abraço fraterno ao Prof. NICOLAI F. MIRLEAN, também do Instituto
de Oceanografia, esposo da Profa. SVETLANA.

   Foi publicada na edição 44, secção Estudo,  da Revista da Sindipi (Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região - SC) a reportagem "Uma Nova Perspectiva para o Atum", tendo como um dos calaboradores o Dr. Lauro Antônio Saint Pastous Madureira, Professor do Instituto de Oceanografia e Coordenador do Projeto Anchoita. Segue abaixo o link da revista na integra.

http://www.sindipi.com.br/arquivos/revistas/44.pdf

A Thomson Reuters divulgou recentemente o Journal Citation Reports (JCR - http://wokinfo.com/products_tools/analytical/jcr/) com o novo fator de impacto (FI) das revistas científicas até o ano base de 2010. Confira os novos FI para varias revistas na area de oceanografia, biologia marinha e limnologia clicando aqui

O Programa de Pós-Graduação em Gerenciamento Costeiro reiniciará as suas aulas relativas ao segundo semestre a partir do dia 08 de agosto de 2011 (segunda-feira). A primeira semana de agosto foi utilizada para a realização das matrículas dos alunos participantes.
Nesse semestre estão sendo oferecidas as seguintes disciplinas com os respectivos responsáveis:
(1) 15072P - Limnologia e Conservação de Recursos Hídricos Continentais (Cleber Palma Silva - ICB)
(2) 08012P - Direito Ambiental Brasileiro (Carlos André Birnfeld – FADIR)
(3) 11122P - Dinâmica Socio-ambiental da Zona Costeira (João Nicolodi – IO)
(4) 11099P - Avaliação de Impactos Ambientais Costeiros (Paulo Roberto Tagliani – IO)
(5) 11100P - Contaminação Costeira e Indicadores da Qualidade Ambiental (Paulo Roberto Baisch – IO)
(6) 11098P - Estudos Avançados em Gerenciamento Costeiro Integrado (Milton Asmus – IO)
Logo do PPGC
Horário das disciplinas: LINK

   O Professor João Luiz Nicolodi, responsável pelas disciplinas de Ambientes Sedimentares e Erosão e Proteção Costeira, informa que estas terão início na semana que vem, dias 8 e 12 de agosto.